quarta-feira, 28 de dezembro de 2011



' Deixar que as coisas morram e abram espaço para o novo. Aceitar o intervalo da travessia, em que as coisas não têm mais a forma antiga nem ainda a forma nova. O tempo da crisálida: nem mais lagarta nem vôo ainda. Respeitar a cadência natural das gestações...'




P.s:  e que venha 2012 !! 




“Quero fim de ano, pés descalços na areia, a brisa do mar, fim de tarde tranquilo, música boa, sem relógio, despertador ou qualquer coisa que me mostre o tempo passando.Quero sair de noite olhar pro céu e ver estrelas, ter tempo pra ver como a lua é bela, observar pessoas, rir, chorar, pensar, viver, cantar, sentir. Preciso de um tempo, preciso me reencontrar em novos caminhos e preciso disso agora.”

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011



"Que esta minha paz e este meu amado silêncio não iludam a ninguém. Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta. Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios. Acho-me relativamente feliz. Porque nada de exterior me acontece... Mas, em mim, na minha alma, pressinto que vou ter um terremoto!"


P.s:muito a minha cara,MUITO! rs

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011




"Paz é o plantio de boas ações. É o cuidado com as palavras. É a paciência no meio da tormenta. Paz é uma sensação para poucos. É uma sensação que não é quente, não é frio e muito menos morno. Te faz leve e segura. Segura pra dizer que suas verdades mudam com o tempo. Mas seus valores não."


quarta-feira, 14 de dezembro de 2011




'Que o tempo nos permita alguns reencontros sem culpas porque é bom sentir sempre mais uma vez.'

domingo, 4 de dezembro de 2011


‎[...]Deixar o tempo das coisas fluir em paz, afrouxar a ideia fixa um pouquinho, diminuir o volume da barulheira mental, mudar o destino do foco só pra variar, mesmo que nem dure muito, costuma criar um lugar de descanso aprazível e reparador na vida da gente.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Seja bem vindo dezembro !



 E chegou tão rápido o mês mais LINDO do ano! 
Dezembro é uma mistura tão boa de sentimentos: amor,saudade,esperança... que meu coração fica tão apertado,mais é um aperto bom! As vontades  e expectativas aumentam.
Esse mês tem um brilho todo especial, o nascimento daquele cara lá de cima torna tudo bem mais encantado!Sou totalmente apaixonada pela história do nascimento de Jesus, ocorreu de uma maneira tão simples e é nisso que eu mais acredito : o AMOR está na simplicidade! 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011


'Olhei para cima e assoprei. Foi tanta estrela caindo 
que agora eu mal consigo enxergar de tanta esperança."

 

'O coração da gente gosta de atenção. De cuidados cotidianos. De mimos repentinos. De ser alimentado com iguarias finas, como a beleza, o riso, o afeto. Gosta quando espalhamos os seus brinquedos no chão e sentamos com ele para brincar. E há momentos em que tudo o que ele precisa é que preparemos banhos de imersão na quietude para lavarmos, uma a uma, as partes que lhe doem. É que o levemos para revisitar, na memória, instantes ensolarados de amor capazes de ajudá-lo a mudar a frequência do sentimento. Há momentos em que tudo o que precisa é que reservemos algum tempo a sós com ele para desapertá-lo com toda a delicadeza possível.'


"O sabor está nas passagens. O definitivo é cansativo demais. (...) Tudo que não muda nos condena, nos condiciona. O bom da vida é saber que passa. Um fim de tarde com toda a sua beleza não cabe no tempo. E por isso ele se vai. (...) A beleza está nos intervalos, nos espaços de luz em que a sombra já se mostra."

"(...) os milagres que imploro, e os pedidos que faço, se baseiam em minha vontade, e Deus não está aqui para me dar o que eu desejo. Deus está aqui para me dar o que eu preciso."



"Existem aqueles dias radiantes que a gente acha que sente que chegou a hora. Só que na maioria deles, a realidade tem preguiça de superar os sonhos mágicos desse meu coração, esse que também serve de depósito para restos de amores que me acertam de raspão. Olha, não sei qual dói mais. Quando acaba, quando sentimos que acabou, ou quando a gente precisa cair na real que acabou e já faz tempo."




terça-feira, 22 de novembro de 2011





'Claro que é possível conseguir quando realmente se deseja, ninguém está condenado a paralisar em lugares indesejados para não desmentir a profecia alheia, mas é preciso ter paciência, estoques dela.'




P.S: o tempo me afastou um pouquinho desse espaço lindo que tanto gosto, mas já estou de volta galera! 

quinta-feira, 10 de novembro de 2011


'Sem fazer alarde, a gente começa a perceber os tímidos indícios que vêm nos dizer que já não suportamos carregar tanto peso como antes e viver só para aguentar. Queremos mais: queremos o conforto bom da alegria e o entusiasmo capaz de nos fazer levantar da cama de manhã com vontade de ajudar a florescer, mais ou finalmente, o que nos importa.'

quinta-feira, 3 de novembro de 2011


'É maravilhoso quando conseguimos soltar um pouco o nosso medo e passamos a desfrutar a preciosa oportunidade de viver com o coração aberto, capaz de sentir a textura de cada experiência, no tempo de cada uma.'

'A vida é tecida com os fios disponíveis de cada agora. De cada respiro. De cada ação. De cada acontecimento. De cada sabor. É essa tecelã que olha para você neste instante e me olha também. O que ainda não veio, quem sabe? Eu não sei.'

segunda-feira, 10 de outubro de 2011



"Sentir é o verbo mais afetuoso que a vida nos entrega a todo momento e que, muitas vezes, se alimenta de uma espera desatenta e de muito, muito tempo. Que a gente amanheça com um olhar comprido capaz de enxergar as miudezas mais belas da vida e um abraço apertado que nos faz distribuir laços, desmedidos, de vento em vento. 

Tudo o que verte paz, é Divino."


quinta-feira, 29 de setembro de 2011


'Talvez ele a ame. Talvez ela quisesse saber disso. Por causa da mudez das emoções que sentiam, eles não sabiam que destino davam a si. O bonito deles é a coisa mais simples em suas histórias: de alguma forma silenciosa e cheia de esperança, eles esperavam um pelo outro, embora nenhum pedido tenha sido feito.'

' Eu tinha uma vontade louca de mudar minha vida
e apostar na tua até a última ousadia
queria mesmo que você revirasse minha rotina
e enchesse de purpurina o ceú do meu quarto
que você viesse no impulso para me assaltar
me mostrar o perigo de encontrar alguém
e dentro desse alguém, o amor.' 

quarta-feira, 28 de setembro de 2011



'No meio das defesas todas, havia algo que não se defendia, não sabia como se defender, não conseguiria, ainda que tentasse. Havia algo que delatava o desejo, os quarteirões da gente todos iluminados com o fogo feliz da sensualidade, iluminadas as ruas todas que dão acesso ao lugar onde o corpo e a alma costumam se encontrar e dançar numa única canção. Havia algo que não podia ser negado, preterido, amordaçado. Algo que inaugura primavera, tanto faz se é inverno. Algo raro e precioso. Que é perfeito, ao mesmo tempo que consegue incluir todas as imperfeições. Que é lindo, ao mesmo tempo que consegue integrar as esquisitices todas que gente também tem. Havia amor e, de um jeito ou de outro, sabíamos sem nos dizer, havia chegado pra ficar.'

O amor quando é amor é amor.

P.s: achei a coisa mais linda esse texto da Ana! Que jeito leve e simples pra falar de amor.AMEI 




' No meio das defesas todas, havia algo que não se defendia, não sabia como se defender, não conseguiria, ainda que tentasse. Havia algo que escapava, ileso, dos artifícios todos, todos tolos, que a razão arranjava para não deixar o amor fluir com a beleza dele, o chamado dele, a natureza dele. Amor sempre arruma brecha para escoar entre os dedos temerosos do medo. Pode ser que a gente sinta tanto receio e se proteja tanto, as feridas antigas cicatrizadas coisíssima nenhuma, que nem consiga vivê-lo em sua plenitude. Mas que ele escoa, escoa. Esparrama no sorriso. Escapole no olhar. Canta no silêncio. Diz.'

 ' No meio das defesas todas, havia algo que não se defendia, não sabia como se defender, não conseguiria, ainda que tentasse. Havia algo maravilhoso para ser dado e recebido, daqueles presentes que a vida embrulha com os seus papéis mais bonitos e entrega, toda contente, a duas pessoas. Havia algo para ser trocado, e troca é quando duas vidas se sentem olhadas ao mesmo tempo. Havia algo que fazia um coração falar com o outro, ouvir o que era dito, gostar do que era dito, rir com o que era dito, sentir-se espelhado, sentir-se enternecido, querer brincar, muito além do que qualquer palavra, por qualquer motivo, por qualquer defesa, tentasse, em vão, esclarecer. Uma vontade de parar todos os relógios do mundo para eternizar a dádiva da presença compartilhada, e a impressão de que às vezes até conseguíamos. '


'No meio das defesas todas, havia algo que não se defendia, não sabia como se defender, não conseguiria, ainda que tentasse. Havia algo delicioso de se sentir que escorregava de dentro da gente e se esparramava no sorriso. Escapulia no olhar. Cantava no silêncio. Fazia florescer pés de sol no tempo encantado em que estávamos juntos. Dispensava nomes e entendimentos. Havia algo que tinha um cheiro inconfundível de alegria. De vida abraçada. De chuva quando beija a aridez. De lua quando é cheia e o céu diz estrelas. Um cheiro da paz risonha do encontro que é bom'
'Não é preciso agendar, entrar em fila, contar com a sorte, acordar cedo para pegar senha: a possibilidade de recomeço está disponível o tempo todo, na maior parte dos casos. Não tem mistério, ela vem embrulhada com o papel bonito de cada instante novo, essa página em branco que olha pra gente sem ter a mínima ideia do que escolheremos escrever nas suas linhas.
O que é preciso mesmo é coragem para abrir o presente'.





'Mas amo, é o que importa. Amo demais. Sem discursos, sem frase de efeito, sem irresponsabilidades. Eu sei por que se não fosse tão forte eu não ficaria sem palavras.'

terça-feira, 20 de setembro de 2011


' Será que a sorte virá em realejo? trazendo o pão da manhã a faca e o queijo ou talvez um beijo teu...'


P.s: essa música representa tanto pra mim! Tão linda (L)

segunda-feira, 12 de setembro de 2011



"É a saudade que torna encantadas as pessoas. A ausência faz crescer o desejo, purifica a memória."








                              " Coração mistura amores. Tudo cabe."


'Romeu nenhum pula a janela se uma Julieta
diligente não afrouxa o trinco.'


p.s: realmente! rs  

sexta-feira, 9 de setembro de 2011


'O amor nos tira o sono, nos tira do sério, tira o tapete debaixo dos nossos pés, faz com que nos defrontemos com medos e fraquezas aparentemente superados, mas também com insuspeitada audácia e generosidade. E como habitualmente tem um fim - que é dor - complica a vida.
Por outro lado, é um maravilhoso ladrão da nossa arrogância. Quem nos quiser amar agora terá de vir com calma, terá de vir com jeito. Somos um território mais difícil de invadir, porque levantamos muros, inseguros de nossas forças disfarçamos a fragilidade com altas torres e ares imponentes.
A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura.
Às vezes é preciso recolher-se.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011





' Lembrar com amor é oferecer, no coração, um sorriso que se expande. É um jeito instantâneo e poderoso de prece. É um modo de abraço, não importa o aparente tamanho da distância, nem as enganosas cercas do tempo. Lembrar com amor é levar a vida, no exato instante da lembrança, ao lugar onde a outra vida está e plantar uma nova muda de ternura por lá.'

sexta-feira, 2 de setembro de 2011



"A saudade é o bolso onde a alma guarda aquilo que ela provou e aprovou. Aprovadas foram as experiências que deram alegria. O que valeu a pena está destinado à eternidade. A saudade é o rosto da eternidade refletido no rio do tempo."




quarta-feira, 31 de agosto de 2011



“E o que importa você sabe, menina.
É o quão isso te faz sorrir. E só.” 


'Conta de onde vem a sensação de que nos conhecemos muito mais do que imaginamos. De que ouvimos muito além do que dizemos. De que as palavras, às vezes, são até desnecessárias....De onde vem essa prece que repito a cada noite, como se a fizesse desde sempre, para que todo dia seu possa dormir em paz. Conta pra mim de onde a gente se conhece. De onde vem essa repentina admiração tão perene. De onde vem o sentimento de que nossas almas dialogavam muito antes dos nossos olhos se tocarem. Conta por que tudo o que é precioso no seu mundo me parece que já era também no meu. De onde vem esse bem-querer assim tão fácil, assim tão fluido, assim tão puro...'

quinta-feira, 25 de agosto de 2011




(...)E eu te preciso, sei que preciso
não por solidão ou por necessidade,
mas por amor, por gostar, por querer.
Preciso me aproximar, ceder,
compreender que o caminho é outro, mas não.  



"A vida, meu Deus, poderia se resumir a um belo dia de Sol. Mar. Areia quente. Pensamentos indo e vindo. Uma paz sem tamanho. Coração ao vento. A verdade é que o bom é sempre simples. Saúde para sorrir. Confidências. Um olhar que diz tudo. Sonhos. Esperança.

Se a paz tivesse uma cor, teria a cor do céu de hoje. Azul. Assim como as palavras. Como o desejo. E o infinito.
Ps: Alguém me responde: qual o maior mistério do mundo?

O coração de uma mulher
ou o mar?

(Vai e vem. Vem e vai. Correntes. Tempestades. Calmarias. Chego a uma conclusão natural (quase infantil): o mar é feminino."





"Se é só isso que podemos ter, que seja forte. Que seja único. Tão íntimo quanto ouvirmos a mesma melodia, tendo o mesmo - esplêndido - pensamento."

quarta-feira, 24 de agosto de 2011





"Desejo que encontre maneiras para se fazer feliz no intervalo entre o instante em que cada dia acorda e o instante em que ele se deita pra dormir... Que se sinta livre e louco o bastante pra deixar a sua essência florir."







segunda-feira, 22 de agosto de 2011


" E a gente vai rir dessa maldade da demora do tempo
pra fazer essa brincadeira de desencontro:
Quase nos deixou descrentes...
A gente vai rir dessa maldade porque o nosso amor
será a coisa mais bonitinha do mundo... "

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

'Cilú pode ir tranquilo,teu rebanho tá pronto'


Meu grande AVÔ!! Seu Cilú. Hoje eu só posso agradecer a Deus por ter me dado a oportunidade de ter convivido com um homem tão forte,sábio,amoroso que foi o meu avô.A sua presença foi constante na minha vida...
 Eu ainda não acredito que vou chegar na sua casa e não vê-lo...mas com o tempo vou aprender a lhe dar com a sua falta.
Durante esse tempo fomos companheiros,me dediquei a te fazer companhia,cuidar de você...nunca vou esquecer do sorriso que me deu quando eu passava creme em seu corpo,parecia que  você já sabia que aquele seria o último! 
Tenho certeza que Deus preparou um lugar lindo pra você,o que tem me confortado é saber que agora está descansando,sem aqueles sofrimentos todos.Não seria justo querer que você continuasse assim,seria muito egoísmo da minha parte. 
Um amor tão lindo o que você deixou com a gente, sempre preocupado,atencioso,carinhoso...sem dúvida o melhor avô que Deus podia ter me dado.
Sei que agora estou bem mais protegida,pois você está do lado de Deus  intercedendo por mim! Meu anjo mais velho.

P.s: As lágrimas não estão permitindo eu escrever mais que isso!





domingo, 14 de agosto de 2011

sexta-feira, 12 de agosto de 2011



"Foram-se os amores que tive ou que me tiveram
Partiram num cortejo silencioso e iluminado
O tempo me ensinou a não acreditar demais na morte 
Nem desistir da vida

Cultivo alegrias no jardim onde estamos eu, os sonhos idos, os velhos amores e seus segredos
E a esperança que rebrilha como pedrinhas de cor entre as raízes."



"Me encantei.
A culpa é minha. Minha e das minhas expectativas.
Minha e das minhas lamentáveis escolhas.
Minha e do meu coração lerdo. Minha e da minha imaginação pra lá de maluca.

Então, com licença, deixe eu e minha culpa em paz.
Eu e meu delicioso perdão por mim mesma.
Eu só te peço uma coisa. Para de culpar a vida. Pare de ter pena de você.
Se assuma. Se aceite. Se culpe. Se estrepe. Se mate.
Mas se perdoe.
Pelo amor de Deus, se perdoe.
Somos todos culpados, se quisermos.
Somos todos felizes, se deixarmos."


quinta-feira, 11 de agosto de 2011



'Quando se quer bem a uma pessoa, a presença dela conforta.
Só a presença, não é necessário mais nada.'






"Para fazer pessoas ninguém ainda inventou nada melhor do que o amor." 
                                                                                   





"Sou dessa gente que mesmo quando está triste não consegue perder a oportunidade da graça e do alimento do riso da vez, sobretudo quando compartilhado."


terça-feira, 9 de agosto de 2011


"O amor que nasce é assustadoramente amor. O amor que segue sozinho é assustadoramente só. Não há meio-termo porque o que o amor quer é coragem, o amor quer entrega, o amor sempre quer. Nem sempre é harmonia, nem sempre delicadeza. Mas sempre amor..."






"A amizade é um meio-amor, sem algumas das vantagens dele, mas sem o ônus do ciúme – o que é, cá entre nós, uma bela vantagem. Ser amigo é rir junto, é dar o ombro para chorar, é poder criticar (com carinho, por favor), é poder apresentar namorado ou namorada, é poder aparecer de chinelo de dedo ou roupão, é poder até brigar e voltar um minuto depois, sem ter de dar explicação nenhuma." 



"O melhor amor é sempre dentro e perto. Chega inesperado, vem forte, vem doce, acalma e desatina."